Colheita do milho está ganhando ritmo no Mato Grosso

O presidente da Aprosoja-MT e vice-presidente da Aprosoja Brasil, Antônio Galvan, destacou a importância do milho para economia do estado e mundial: “O Brasil, especialmente Mato Grosso, está colhendo uma ótima safra. O milho é a principal cultura plantada no mundo hoje. Representa mais de um terço de todos os grãos e é um produto fundamental. Mato Grosso, neste ano, bate um recorde histórico na safra de milho, com excelente qualidade.”

Conforme último levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os produtores mato-grossenses deverão colher 33,93 milhões de toneladas do cereal, alta de 9,3% em relação ao volume colhido no ciclo anterior, de 31,04 milhões de t.

Já o vice-presidente da Aprosoja, Fernando Cadore, falou sobre a importância do milho e da soja para MT. “A importância da cultura do milho no estado é muito grande. Hoje, o produtor consegue diluir seu pátio de máquinas, seus funcionários, enfim, custos dentro do ano agrícola com a cultura do milho, que teve uma grande exportação, fazendo com que o agricultor aproveitasse um pouquinho dos preços lá atrás.”

Produtividades

Cadone acrescentou: “As produtividades que começaram estão um pouco abaixo do ano passado. Então, é esperado que cubra os custos, sim, e dê um pouco de rentabilidade as lavouras de milho este ano.”

O diretor administrativo da Aprosoja, Lucas Costa Beber, enfatizou que o agricultor está cada vez mais preparado e produzindo com mais qualidade a cada safra. “O produtor tem se dedicado mais, principalmente com a instalação da agroindústria no estado.”

Antes, acrescentou Beber, “tínhamos o problema dos preços do milho. A gente pagava maior preço pelo frete do que a própria saca. Hoje a agroindústria tem absorvido muito e tem concorrido com o milho que é exportado. Essa melhora de preço tem feito com que o produtor plante mais e cada vez com mais qualidade para alimentar o Brasil e o mundo.”

O cenário é promissor para produção de milho em MT, como mostra o crescimento nos últimos anos, com geração de renda para os agricultores. Produtor rural e delegado coordenador da Aprosoja em Nova Mutum, Paulo Zen acredita que a agroindústria deve impulsionar ainda mais essa expansão:

“Aqui mesmo na região, temos este exemplo. A tendência é que a gente vá aumentar a nossa produção. E, como vemos aqui, o campo está respondendo a essa necessidade das indústrias. Na nossa região, o clima este ano foi bom e acredito que a gente vai ter uma boa colheita para suprir a necessidade dessas indústrias.”

O evento foi realizado pela Aprosoja-MT, Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Canal Rural e demais parceiros, com apoio institucional da Croplife Brasil. A abertura da colheita foi comandada pelo diretor da Abramilho, Glauber Silveira, e transmitida ao vivo pelo Canal Rural.